Festa da Batata - Índios Krahô (TO)

 

Os Krahô vivem de acordo com a filosofia de integração do homem com as 2 principais forças da natureza que são o Katam'jê (que representa as chuvas, o poente, a vegetação verde, os animais noturnos, o frio e o úmido) e o Wakme'jê (que representa o verão, o nascente, a vegetação seca, os animais diurnos e o calor). Para manter o equilíbrio entre estas duas forças, a sociedade Krahô procura manter estas metades sempre em equilíbrio e, entre as várias atividades que têm este objetivo, está a alternancia de poder entre os "partidos" Wakme'jê e Katam'jê.

 

Como o objetivo principal é manter o equilíbrio entre as forças da natureza, durante a estação Wakme'jê, o "partido" que governa a aldeia é o Katam'jê (e vice-versa).

 

A Festa da Batata, o evento mais importante da tribo Krahô, sinaliza a mudança da estação chuvosa (Katam'jê) para a temporada de seca (Wakme'jê) e, além de marcar a troca do "partido" que governa a aldeia, também, celebra a fertilidade da tribo.

 

Durante o período da Festa da Batata, grupos de Krahôs fazem o Paparuto (ou KUŸR-KUPU) que é um grande bolo feito de mandioca ou milho com carne ou peixe sobre ele e assado enrolado sobre folhas de bananeiras. Mas o mais interessante sobre a produção do paparuto é o ritual, chamado de KUŸR-TI, que é uma forma fundamental para os Krahô de celebrar a vida em comunidade.

 

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Andrea Goldschmidt Fotografia

Todos os direitos reservados

Tel: +55 (011) 9-8371-5983

São Paulo - Brasil